Feiras = mais do mesmo?

Estandes de feiras geralmente são iguais. Aquelas paredes de divisórias cor de gelo, aquele carpete antiquado, uma ou duas mesas, um balcão com folhetos, alguns banners ou adesivos… Às vezes o cenário varia um pouco, mas quase sempre me deixam sem aquela vontade de chacoalhar o rabo. 

E por mais que você invista em equipamentos ou materiais um pouco mais refinados, se você permanece nesse modelo, você está fazendo mais do mesmo. E eu preciso te dizer com toda a minha sinceridade canina: não é assim que você vai se diferenciar. Se você quer chamar a atenção mesmo, não pode investir nessa fórmula batida. Sabe aquela frase que algum humano famoso disse “você não pode esperar resultados diferentes fazendo as mesmas coisas”? É bem por aí.

Exemplos para fazer diferente!

Esse ano, em uma festival de arquitetura de Londres, dois estudantes da Universidade de Brighton criaram estandes diferentes e surpreendentes para uma feira de rua, que roubaram a cena. E vou falar sobre eles para você ver como é possível fazer diferente com um pouco de criatividade. Os estandes eram parte de um trabalho que os estudantes precisaram fazer e deveria ter como inspiração uma comunidade latino-americana da capital inglesa.

Estande 3D Carnaval Del Pueblo.

O primeiro trabalho tinha como base uma placa que abre em uma estrutura 3D, com cores fortes e uma estrutura de polias, ganchos e cabos. Montado, o estande contava com balcão, máquina registradora e até joguinhos para que os visitantes da feira pudessem conhecer mais do Carnaval del Pueblo, uma festa celebrada pela comunidade latina. E no final do dia, toda a estrutura podia ser desmontada e guardada em uma caixa com pouco mais de 2 metros quadrados.

Máquina de Caipirinha!

Já o segundo trabalho tinha como base uma estrutura fixa, mas com um diferencial incrível: o estande fazia caipirinhas! Isso mesmo, a estrutura em tons de rosa e azul foi inspirada na cultura dos brasileiros radicados em Londres e toda montada de forma que fosse possível cortar e espremer os limões e adicionar açucar. Para finalizar a bebida, uma torneira de cobre fornecia a cachaça necessárias para finalizar o mais brasileiro dos drinks. Embora eu não possa beber, estou sonhando com uma estrutura dessas para o próximo churrasco lá em casa! Com certeza vai surpreender os convidados.

Como eu mostrei, fazer um estande diferente requer uma boa dose de imaginação, mas faz toda a diferença na hora de surpreender e atrair as pessoas.

Tem uma feira pra participar? Sua empresa vai expor? Quer fazer alguma coisa assim diferentona? Então vou te dar uma boa notícia! Converse com os humanos que trabalham na minha empresa e eles poderão te ajudar a ter uma ideia super legal e fazer dela realidade. #dicadofusca

Comment